A ETFAP – Escola Técnica Família Agrícola “A Partilha”, localizada numa região de assentamentos da reforma agrária, no município de Pojuca, na Bahia, formou neste dia 14 a 1ª turma de Técnicos em Agropecuária. São 41 alunos e alunas oriundos de famílias de agricultores que trabalham e residem em assentamentos da reforma agrária nas regiões do Agreste Baiano, Litoral Norte oceânico e Região Metropolitana de Salvador.

O presidente da ANATER Jefferson Coriteac é o paraninfo da turma. Ele recebeu e aceitou o convite na sua primeira visita à Escola, buscando subsídios para elaborar um programa de atuação da ANATER na formação dos estudantes rurais (https://www.anater.org/index.php/2023/07/17/presidente-conhece-formacao-tecnica-de-jovens-rurais-em-escola-familia-agricola-da-bahia/).

 

Na formatura, os oradores fizeram coro à proposta de atuação em rede, da escola. “Juntos conseguimos construir o que somos hoje”.
O presidente Jefferson reconheceu o trabalho desempenhado pelos coordenadores da escola Giorgio Vaccare e Luzenice Vaccare, professores e prestadores de serviços. “Parabéns por essa história que vocês estão construindo para as vidas dessas pessoas”.
E desafiou os alunos: “Que responsabilidade a de vocês serem referência e exemplo para os outros jovens, os próximos alunos! Desejo que vocês possam conquistar tudo de melhor na vida de vocês. Que, daqui a pouco tempo, vocês possam estar aqui, no meu lugar, representando uma Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural, que é o que vocês vão fazer e desempenhar”.

 

A EFTAP é mantida pela Fundação Franco Gilberti, que atua na defesa, proteção e promoção de assistência social em favor de recém-nascidos, crianças, adolescentes e jovens em situação de vulnerabilidade.

Na Escola, os alunos intercalam uma semana de educação formal e de técnicas agropecuárias e uma semana no convívio familiar onde aplicam os conhecimentos e contribuem na produção
Nasceu da troca de experiências com escolas agrícolas da Bahia que integram a AECOFABA, a associação que une várias Escolas Família Agrícola (EFAs) baianas.