Toma posse a nova diretoria da Epagri

07/02/2019

A extensionista Edilene Steinwandter assumiu a presidência da Empresa

Foto: Ana Ceron / Secretaria da Agricultura e da Pesca

O Conselho de Administração da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri) aprovou na manhã desta quinta-feira (07), o nome da extensionista Edilene Steinwandter para a presidência da Empresa. Também foram avaliados e aprovados os nomes de Humberto Bicca Neto, Vagner Miranda Portes e Giovani Teixeira, que, juntamente com Edilene, passam a compor a nova diretoria executiva. A reunião aconteceu na sede da Epagri, em Florianópolis/SC.

“Tenho clareza do tamanho o desafio que assumo”, resumiu Edilene aos conselheiros, ao mesmo tempo em que se disse confiante para ocupar o cargo. “A Epagri é uma empresa moderna, com foco e diretrizes”, descreveu a presidente, enumerando esses como alguns dos motivos que a fazem crer no sucesso da gestão de sua diretoria.

Edilene é funcionária da Epagri desde 2002, quando iniciou na função de extensionista rural no município de Ponte Serrada. Na Empresa ocupou os cargos de gerente regional de Xanxerê e gerente estadual de extensão rural, onde permaneceu até assumir a presidência. Ela é engenheira-agrônoma, com mestrado em zootecnia.

Os três nomes que vão compor a nova diretoria foram indicados por Edilene. “Estes profissionais têm suas histórias de trabalho na Epagri pautadas pela retidão, competência, liderança, ética e admiração dos colegas”, declarou a presidente ao justificar as indicações, lembrando que elas foram pautadas por critérios estritamente técnicos.

Humberto Bicca, que assumiu a Diretoria da Extensão, é engenheiro-agrônomo e extensionista da Epagri desde 2008, e ocupava até então a gerência da Estação Experimental, em Campos Novos. Na nomeação ele manifestou intenção de fortalecer o entrosamento entre as áreas de pesquisa e extensão. “Vamos priorizar as demandas regionalizadas de cada cadeia produtiva, sempre seguindo o estabelecido no planejamento estratégico da Empresa”, descreveu.

O novo diretor de pesquisa, Vagner Portes, é médico-veterinário, doutor em biotecnologia e biociências. Pesquisador do Centro de Pesquisa para Agricultura Familiar (Epagri/Cepaf), atuava até então como coordenador do Laboratório de Biotecnologia em Sanidade Animal da unidade, inaugurado em junho de 2018. “A nossa Empresa cresceu muito nos últimos anos e nosso desafio é dar continuidade a esse processo”, declarou.

Giovani Canola é engenheiro-agrônomo, com especialização em gestão pública avançada e foi mantido no cargo de diretor administrativo financeiro da empresa, que já ocupava na antiga gestão. Na posse ele destacou a grandeza da estrutura da empresa e como é importante que tudo esteja funcionando de forma adequada para dar suporte ao trabalho de pesquisadores e extensionistas.

O Conselho da Administração da Epagri é presidido pelo Secretário de Estado da Agricultura e da Pesca, Ricardo de Gouvêa. Ele lembrou ao novo corpo gestor a necessidade de dar sequência aos trabalhos com austeridade nos gastos, mas destacou que essa diretriz do atual governo não vai interferir no bom trabalho que a Epagri realiza ao longo de seus 27 anos de história.

Os três novos diretores se unem a Ivan Luiz Zilli Bacic, diretor institucional da Epagri, cargo para o qual foi eleito pelos funcionários em pleito realizado em 2018.         

Fonte: Epagri

 

 

Incentivando a Inovação & Maximizando a Produtividade